Trend Alert: Dip Dye Hair

A tendência Dip Dye Hair, o que seria algo como “Cabelo tingido mergulhado”, já é aposta no exterior, principalmente nos Estados Unidos e na Europa, mas só agora está virando moda entre as brasileiras. 
Os fios são parcialmente tingidos, normalmente só do meio até as pontas, seguindo a tendência das mechas Californianas. A diferença está na paleta de cores utilizada na hora de tingir seu cabelo com a técnica Dip Dye.  Geralmente são escolhidos tons super chamativos como rosa pink, azul, verde e roxo ou tons pastéis. Se você quer estar na moda, mas sem arriscar muito, também pode apostar no dip dye loiro. 
O interessante é mostrar atitude através dos tons contrastantes, os que mais tem se visto são o rosa bebê, azul e verde menta.

Inspire-se em quem já fez

Roxo

Azul

Rosa 

Loiro

Verde

Colorido

 Em Comerciais

Quando eu passei pela Times Square, Julho passado, vi um outdoor incrivel na entrada da Forever 21. Nele aparecia a modelo Charlotte Free, super estilosa e com sua marca registrada: o cabelo dip dye! Amei, invejei, desejei… tudo!

Na passarela

Modelos com o cabelo dip dye já apareceram em diversos comerciais e passarelas. Inclusive até a Prada aderiu a tendência no seu desfile Outono/Inverno 2012/13

Celebridades

Entre outras celebs que já coloriram o cabelo estão Selena Gomez, Avril Lavigne, Kate Bosworth, Abbey Lee, Carrie Underwood, Ashley Benson,Chloe Moretz, Emily Browning, e etc. A lista é enorme, imagina se eu for citar todas elas aqui? haha

Passo a passo

O ideal seria fazer o processo em um salão de beleza de confiança, já que você vai utilizar química no seu cabelo e etc mas se ainda assim sua preferência for por fazer em casa, aqui vai o DIY de Dip Dye!

Passo 1: Descolorir as pontas do cabelo. O volume da água oxigenada vai determinar a tonalidade final do seu tingimento. Para que os fios fiquem mais claros use o ox 40 volumes, para uma cor mais fechada a água oxigenada 30 volumes já é o suficiente.
Passe o descolorante onde será tingido e envolva as mechas com papel alumínio.

Passo 2: Após a descoloração, lave os cabelos e seque bem os fios.

Passo 3: Da mesma forma que você fez para descolorir , passe a tinta nas pontas e envolva com papel alumínio. Use o mesmo procedimento das mechas californianas para ter o efeito degradê. Inicie pelas cores mais claras e vá escurecendo aos poucos. 

O video está em inglês, mas com as instruções ali em cima dá para seguir. Fica fácil de entender (: 

Lembrando que cabelos tingidos e/ou descoloridos sempre enfraquecem, ficando mais sensíveis aos danos da química. Fazer hidratação, no salão ou caseira mesmo, é essencial para que os fios não fiquem quebradiços e com aquele aspecto de palha. Afinal, não adianta tingir o cabelo para ficar diva e depois sair por ai desfilando com o cabelo acabado!
Curtiram as dicas? Você tem que ter muito estilo e atitude para aderir essa tendência, confia e vai! haha
Beijos, Gabriela Alegre

Dicas: Pintando o cabelo!

Dizem que nós mulheres renascemos ao mudar algo no nosso cabelo. Aconteceu algo ruim? Corta o cabelo. Brigou com o namorado? Faz mechas. Mudou de escola? Pinta. É sempre assim. Queremos mudar  e vamos direto para o cabelo. 
Mudar a cor do seu cabelo é uma mudança um tanto radical que merece uma atenção especial aqui no blog.

Eu já fiz mechas rosas, vermelhas, laranjas e loiras na parte de baixo do meu cabelo. Isso foi quando eu tinha 12 anos. Risos. Porem, nunca tive coragem de pintar o meu por completo. Aqui vão dicas que eu recebi de um cabeleireiro, especialmente para o blog <3

Escolhendo a cor

Fique atenta para escolher bem a marca e a cor que você deseja. Teste o produto em algumas mechas do seu cabelo antes de pinta-lo de uma vez. É bom por que assim você terá uma noção se o pigmento que você escolheu combina com o tom da sua pele. Para um look mais natural escolha um tom que combine com a suas sobrancelhas (Ninguem merece loira de sobrancelha preta, galera) e com sua raiz de cor natural. Se é para pintar o cabelo tem que ficar melhor, né?
Tradicionais:
Ruivas
Ano passado foi super tendência .. Do nada, todo mundo (até eu) queria ser uma ginger. 
O cabelo vermelho alaranjado combina com a maioria das pessoas, o importante é escolher o tom certo. Mas tome cuidado, nunca fica que nem a foto da caixinha, peça a orientação de um profissional. 






Loiras
Muitas meninas acham que meninos preferem as loiras, sendo verdade ou não, isso não significa que a cor clara fique bem em todas. Se você tem cabelo escuro, para ficar loira terá que descolorir o seu cabelo. O que eu acho tenso. Mas ok, se é isso que você quer. Lembre-se de pintar as sobrancelhas também e de ter certeza que essa cor combina com o seu tom de pele.





Preto
É o look mais arriscado de todos. Seu cabelo corre o risco de ficar com uma aparência fake e até com um tom azulado.
Tons Castanhos
São os que tem mais chance de dar certo. Se for um tom mais escuro, te dará uma aparência de mais velha. 
Inspire-se e corra o risco
Você também tem a opção de fazer só as mechas, como no estilo californiano, glaçagem, mechas texanas e na balaiagem.


Escolhendo a duração
Você não precisa pintar com o permanente logo de cara. Até porque o permanente é o que tem mais amônia, o que possivelmente ressecará o seu cabelo. Para manter a cor por mais tempo, evite expor  seu cabelo ao sol e água salgada.
O semi permanente dura em média 8-12 lavagens.  É recomendável para pessoazinhas que como eu tem o cabelo virgem e para os que querem testar a cor 
E tem aquelas versões estilo papel crepom (tenso!) que eu fazia na terceira série, que dura no máximo duas lavagens.
Pintando sozinha
Você não quer correr o risco de pintar o seu cabelo sozinha. Se não quiser ou não puder gastar dinheiro tingindo no cabeleireiro, peça ajuda a algum conhecido. 
Separe bem as mechas do seu cabelo, siga as instruções da caixinha para fazer a mistura, tente não esquecer de nenhuma área do seu cabelo e boa sorte.
Apesar de ser mais barato faz em casa, é recomendável que você vá a um salão ou a um stylist. 
 Dicas:
-Para que a tinta dure mais no seu cabelo, use um shampoo especial para cabelos tingidos.
-Toda química aplicada ao seu cabelo, o danificará. É bom fazer muita hidratação para que ele não fique seco.
Tá precisando mudar radicalmente? Espero que as dicas tenham ajudado (: hehe
Beeijos

Estou abrindo vagas para colaboradores do “It’s Gaby” (:
Quem souber escrever sobre algum desses assuntos: fotografia, música, celebridades, moda, DIY, decoração, viagens e estiver interessado em fazer parte da equipe do blog, me manda um email com um exemplo de como seria um post seu para contato@itsgaby.com 
Maiores de 15 anos, prfvr.
Obrigada <3

Coque parisiense

O coque parisiense ou mais conhecido como coque alto, subiu literalmente (tsc) a cabeça das fashionistas. Combinando com um estilo mais despojado, o look pode ser a solução para quando seu cabelo não está no melhor dos dias.

Passo a passo:
– Segure todo o cabelo em um rabo no topo da sua cabeça
-Torça o cabelo
-Vá girando até arrumar um coque, tome cuidado para não ir descendo o coque em quanto faz as voltas. O charme do coque parisiense é estar no topo da cabeça.
– Segure o coque e prenda com grampos ou elásticos da cor do seu cabelo.
Para dar um ar de mais bagunçadinho solte alguns fios do canto.
Imagem: Reprodução

É fácil, prático e o melhor combina com looks de vários estilos. Para dar um diferencial, tente mudar a posição do coque. Colocar para um dos lados é super válido.

E você, vai virar adepta?


Minha internet está horrível. Eu poderia matar um. Tá, mentira. Mas está péssima mesma. Prometo que se nos próximos dias estiver caindo de novo eu farei o sacrifício (pff) de ir no Starbucks lindo que tem wifi postar e aproveitar pra fazer a gorda. HEHE.
Beijos, @gabrielaalegre