Para ler: O Clube do Filme

Oi
oi. Lembram que eu havia escrito um post sobre a comparação entre livros e
filmes?!

Então,
hoje venho falar de um livro o qual a história é sobre vínculos familiares e
verídica, e  tem a constante presença de
filmes. Sim, filmes.
“O
Clube do Filme”, um livro de uma história real e cativante de David
Gilmour,  onde o mesmo, é um critico de
cinema, faz a gente conhecer a história entre ele e seu filho Jesse, de 15
anos, que tinha muita reprovações na escola em todas as disciplinas, vivia em
uma rebeldia de um adolescente perdido e sem rumo.
Nestas
circunstâncias, David decide propor a ele um combinado radical: O filho poderia
sair da escola e não precisaria trabalhar desde que toda semana assistisse com
o pai três filmes escolhidos por ele. Assim, sua educação e aprendizado seriam
baseados nessa combinação, que se tornou o Clube do Filme.

É
algo bem intrigante, que divide opiniões negativas e positivas sobre esse
radicalismo que David propôs. A história nos leva a entender o que se passa na
cabeça de um pai, separado, tentando entender e cuidando de um filho
adolescente, mergulhado numa fase complicada e também conhecemos as angustias e
sentimentos de Jesse, em relação a essa ligação paternal que ele terá de lidar
juntamente com os filmes escolhidos pelo pai.
O
cinema é uma peça fundamental na história de Jesse e uma parte da vida de seu
pai, assim, funcionando como um elo entre duas realidades diferentes.

É
um livro para a todos que gostam de cinema, ou de uma leitura leve, sensível e
engraçada.
Não
é um livro nem um pouco cansativo, até pelo fato de acompanharmos momentos
frustrantes e realizações de Jesse, como paixões, relacionamentos e seus
“shows” realizados com sua banda, tornando assim, a história mais “despojada” e
não maçante.

É um relato sincero sobre como
é difícil crescer, como é difícil ver alguém crescer, e como no meio da raiva e
da desordem de uma família não há nada tão bem-vindo quanto um filme. –
 The New York Time”

Era isso, com as férias se
aproximando, fica uma dica de um ótimo livro para vocês. E aproveitando esta
bela combinação entre cinema e literatura, há um page criada a pouco do site
“Dicas de  Filme” (
http://www.facebook.com/dicadfilme).
Para quem curte ler resenhas e criticas ahaha.
Beijos, Fêe x