8 dicas para quem quer viajar gastando pouco

 viajar gastando pouco
Sempre há tempo para viajar, o que nos falta muitas vezes é o dinheiro. Este post é pra te dizer que é possível sim viajar gastando pouco. Talvez não com altas expectativas e desejos de luxo, mas com risadas e muitas histórias pra contar, com certeza.  Siga essas dicas, prepare seu roteiro e voilà!

Pesquise e compre antecipado

Este é o mais batido de todos, mas com certeza, imprescindível na lista. Se você reserva uma passagem de hotel ou avião no último momento, ela será mais concorrida, consequentemente custará mais caro. Skyscanner é uma opção popular de buscas, fique de olho lá e confira diretamente no site da linha aérea (ás vezes vale mais a pena comprar ali). Programe-se, seu bolso agradece.

Evite destinos caros

O custo de vida varia entre os países. Pesquise sobre a moeda de cada região e os valores básicos que todo viajante precisa saber: alimentação, estádia e transporte.

Trabalho em troca de estadia

Nossa, trabalhar nas férias? Já parece um pesadelo. Mas você já pensou em trabalhar em um hostel? Conhecer pessoas de várias partes do mundo, participar de festas, ouvir muitas histórias cumprindo jornadas de 4 a 5 horas de trabalho diárias em troca de estádia e uma refeição (varia entre os hostels). É possível fazer isso através do Worldpackers.

 

Vá de carona

Não estou dizendo para sair por aí como louco pedindo carona na estrada, mas você já conhece o aplicativo blá, blá, blá, car? Famoso na Europa, entrou no mercado brasileiro tem pouco tempo, mas já vem conquistando muitos internautas!
Você entra no site ou no aplicativo, seleciona a data de ida e volta, e vê as ofertas dos motoristas que vão para o mesmo destino que você. Nunca será 100% seguro, mas através do site é possível ver a foto da pessoa, o celular, comentários dos passageiros e recomendações. Seja esperto e jogue o nome dele no Google/Facebook, vai que você acha algo suspeito. Eu usei e não tive problema nenhum, pelo contrário, me diverti durante a viagem e não parei de bater papo com o motorista.

Aproveite os eventos gratuitos na cidade

Importantes museus e pontos turísticos de cidades grandes sempre possuem dias gratuitos ou com descontos. Faça uma lista dos locais que você gostaria de visitar e pesquise na internet. Se der sorte, pode até encontrar uma visita guiada totalmente free!

Hospedagem gratuita ou barata

Acesse o Couchsurfing e entre em contato com pessoas locais que estejam disponibilizando um sofázinho na sua casa para turistas. É possível verificar comentários de pessoas que já passaram por lá, notas e fotos! E para hospedagens mais baratas, se joga no TripAdvisor para comparar preços de hostels ou no Airbnb para encontrar quartos por preços menores.

Economize em comida

A alimentação está entre os maiores gastos de um viajante mal planejado. Para economizar nas refeições, busque restaurantes locais, longe dos pontos turísticos, vão estar mais vazios e você ainda vai conhecer de verdade a comida tradicional. Passe em mercados e evite comprar besteiras na rua ou atacar o frigobar.

Escolha destinos menos badalados

Se você vê que várias pessoas estão viajando para o mesmo lugar, ele vai estar custando caro, pode apostar. Quanto mais popular, maior o preço. Isso não significa que seja a melhor opção de viagem pra você. Que tal expandir suas opções e ir atrás de lugares menos queridinhos mas igualmente divertidos e bonitos?

Eu já estou planejando a próxima viagem! E vocês?

Beijos,
Gabriela Alegre