Apropriação cultural nos desfiles de moda – É possível fazer diferente

valentino

As coleções de primavera/verão de diversos estilistas nacionais e internacionais se inspiraram na África. Tema popular entre as runways e cool hunters, mas raramente abordado nos debates sociais. Não é mimimi. Para muitos não é claro os danos que a apropriação cultural pode causar. No meio da moda, a apropriação visa gerar lucros com vários aspectos de culturas menos privilegiadas, sem permissão e com uma compreensão ligeira sobre o objeto aspiracional. Descartando o valor das tradições e rituais para o grupo e constantemente, reforçando esteriótipos negativos e incorretos. Mesmo de forma ingênua.
SS17M-Vuitton-035-1542x1026

É possível inspirar-se sem apropriar-se 

Esta semana a Louis Vuitton exibiu no seu desfile de primavera 2017, a coleção masculina inspirada nas memórias de infância do diretor Kim Jones, que nasceu em Londres mas foi criado na Ethiopia, Kenya, Botswana e Tanzania.
Com a vivência de Jones, foi possível ver uma versão menos estereotipada do continente. Sem tribais, tributos a safaris, modelos com rostos pintados, batas africanas (o conhecido dashiki) e turbantes, a coleção apresentou tons sóbrios, com verde militar, azul prussiano, cáqui e taupe. Estampados xadrez e de zebra, casacos de crocodilo (totalmente contra!) e suéteres inspirados nas mantas Masai. O erro aparece quando apenas 7 modelos negros desfilavam, entre os outros 28 modelos brancos.

Um ponto sem hipocrisia: Diariamente nos apropriamos de aspectos de outras culturas, muitas vezes sem conhecer a origem do objeto ou conceito. É praticamente impossível não fazer isso, considerando que estamos altamente conectados via internet, propagandas, viagens, tendências e arte. Na moda não é diferente. Todos se inspiram em tudo. O problema está no limite do “tudo“.
Continue Reading

Street Fashion – Buenos Aires Fashion Week

Faz duas semanas rolou o Buenos Aires Fashion Week. Recebi dois convites e fui ca mamis ver como é uma semana de moda fora do Brasil. Aproveitei para fotografar alguns do mais estilosos do evento. Dá uma olhadinha: 
Os saltos com plataforma, principalmente creepers, estão super em alta por aqui. Na minha faculdade e nas ruas de Buenos Aires é a tendência que mais se destaca. Com saltos altos, estampados, com animal print ou de uma cor só. Tem para todos os gostos! (Menos pro meu, hehehe). Os lenços e tiaras de flores estão fazendo a cabeça das Argentinas. O preto dominava os corredores da semana de moda. Combinados com casacos e coletes de pelo (só se for fake, please), listras, casaco XL, estampas de animal print, caveiras e tachinhas. 

 

Qual foi o look que vocês mais gostaram?

Beijos, Gabriela Alegre

Look – Buenos Aires Fashion Week

Depois de longos meses longe de vocês, o blog volta à ativa! Já tava com saudades, nhoin.
O It’s Gaby quer manter vocês atualizadas sobre as últimas tendências da moda, dicas de fotografia, decor, beleza, DIY e tudo que tiver rolando de legal por aí. Welcome back!

Bota: Zara | Suéter: c&a | Saia: Aquamar
Pausa para o WILD ali atrás. hahah

Esse look eu usei para ir na Buenos Aires Fashion Week. 
Usei um sobretudo preto e meia calça, porque se não congelaria. O clima não era o dos melhores naquele dia. Esse sol das fotos apareceu só pra me atrapalhar, porque o vento frio continuava.
O suéter fininho é com brilho vermelho e dourado, na hora de escolher a roupa fiquei meio na dúvida se o mix de cores das peças ia ficar legal..Como na semana de moda pode tudo, me joguei no salto vermelho e acabei gostando do resultado. O batom vermelho da poder, então não podia faltar! rs
A saia de cintura alta que não favoreceu muito por eu ter colocado o suéter para dentro da saia na parte da frente e soltinho na parte de trás. Geralmente esse conjunto, saia + suéter soltinho, da impressão que você esta mais gordinha. Mas é sempre bom testar coisas novas, né.

Em outro post conto como foi o BAFWEEK. Já adianto: O Fashion Rio não perdeu por nada.

Curtiram o look?
Beijos, Gabriela Alegre

Tendências para o Verão – SPFW 2014


 O São Paulo Fashion Week terminou! O que nos restou de uma semana de moda com as passarelas repletas de artistas e modelos internacionais foram as tendências. Vamos combinar que nem um pouco radicais. Trazendo as passarelas o estilo tradicional de cada marca, as tendências do ano passado se repetiram. Infelizmente, poucos surpreenderam com novidades.
A barriga de fora, ou o famoso “Cropped” invadiu novamente as passarelas, na maioria das vezes acompanhado de uma peça de cintura alta.
couro apareceu no tradicional preto e em tons terrosos. Animale inovou com o couro metálico e a Ellus apostou no couro perfurado. Zíperes e bolsos deram o toque final nas peças.
Babados em vestidos, saias e decotes! Por serem volumosas, essas “ondinhas” dão ênfase em certas partes do corpo. Cuidado para não chamar a atenção para alguma parte que não goste ou deseja esconder.
Além do total branco, o queridinho preto&branco voltou a ser a preferência de muitos estilistas. Elegante e atemporal. É válido dar uma pausa nas cores vibrantes e abusar dessa tendência!
Transparências, cores fortes, metalizados, militarismo e conjuntinhos estampados também continuaram em alta.

Qual é a sua tendência favorita? Essa falta de inovações me decepciona um pouco, espero que o Fashion Rio agrade mais (:

Beijos, Gabriela Alegre

Trend Alert – Listras

Entre várias estampas excêntricas que surgiram nos desfiles da temporada de moda – verão 2013 em Nova York, as listras foram as que dominaram as passarelas.  Na vertical, horizontal, finas ou grossas, o grande destaque deixou claro que a estampa será trend do verão 2013.  
Michael Kors

Marc Jacobs disse no backstage do seu desfile que é louco por elas. Fez das listras o foco da sua coleção regular , e também as inseriu no desfile da sua segunda linha, a Marc by Marc Jacobs. 
Além de Marc Jacobs, estilistas como Belstaff, Dolce & Gabbana, Giorgio Armani, Helmut Lang, Lacoste, Rachel Zoe, Vivienne Tam, Tommy Hilfiger, Tory Burch e Michael Kors, também apostaram na tendência.


 Na maioria das coleções, o estilo preppy, característico da estampa, apareceu de uma forma mais sofisticada, em vestidos longos, conjuntinhos e em tecidos brilhosos. O estilo navy continuou presente nas coleções do Michael Kors e Tommy Hilfiger. 

Giorgio Armani
Dolce & Gabbana

Particularmente amo listras <3 haha E vocês?
Beijos, Gaby Alegre.