Transição capilar – Como manter o cabelo saudável

transição capilar cabelo saudavel como cuidar do cabelo

transição capilar cabelo saudavel como cuidar do cabelo
Estar em paz consigo mesma é a melhor sensação do mundo.
Conversei com várias amigas que passaram pela transição capilar e vejo o quanto isso melhorou a relação delas com a própria imagem e auto estima. Perguntei os principais cuidados que elas tiveram para atingir o cachos dos sonhos e nesse post vou contar tudinho pra vocês.
Depois que você decidiu realizar a transição é necessário continuar cuidando bem dos fios para manter o resultado que você tanto queria – ou seja – aquele cabelo maravilhoso, zero frizz mas com movimento.  O processo exige paciência e comprometimento, assim como outras atividades da sua agenda!

Hidrate, obviously

Faça um calendário de hidratação. Seja danificado pelo sol, por tintura ou apenas quebrado, existe um creme de hidratação para você. O que não falta são opções nas farmácias e mercados, yes. Comece com uma hidratação semanal e depois de um período de recuperação, seus fios só vão precisar de hidratação a cada 15 dias. Marque cada dia que seu cabelo fica mais saudável para acompanhar a evolução!

Recomendo: Pantenne e Trésseme

Selagem

Para cabelos crespos e cacheados fazer a selagem a cada 15 dias é o segredo. As cutículas do couro cabeludo são responsáveis por manter a água e os nutrientes no fio, blindando agentes nocivos. Lavar o cabelo com frequência, pentear sem cuidado e sem umectação, abre as “escamas” das cutículas, causando frizz, quebra e ressecamento.
Para a selagem você deve utilizar a técnica de enluvamento e ir deslizando o produto de selagem mecha por mecha, começando na raiz e fazendo um movimento rápido, com pressão média. Várias vezes por mecha. Dependendo do produto, você deve enxaguar ele após o processo.

Menos é mais

Lave o cabelo com menos frequência. Lavar o cabelo diariamente diminui a lubrificação natural do cabelos – os lipídios – podendo deixar os fios ressecados (cabelos crespos e cacheados já são mais secos naturalmente), criar caspa e outras doenças capilares. Hmm, você já ouviu isso e se perguntou: E minha vida social? ou Como vou para o trabalho com o cabelo oleoso? – Ainda bem que pra tudo tem um jeito, nessa hora o shampoo seco entra em cena.

Detalhe: Se você já tem os fios oleosos, pratica esportes ou malha diariamente, aumentando o suor no couro cabeludo, você deve lavar os fios de acordo com sua rotina. Excesso de oleosidade também danifica.

Indico: Batiste

Umectação

Assim como a pele, seu cabelo também precisa ser umectado. Ter o hábito de utilizar óleos antes da lavagem tradicional deixa os fios mais hidratados. Azeite extra virgem, óleo de coco, de amêndoas, de abacate estão entre as opções mais utilizadas.

De olho na temperatura

Sempre que possível, seja no secador, difusor ou babyliss, tente usar uma temperatura mais baixa. Isso pode atrasar um pouco o processo, mas vai danificar menos seu cabelo. Ah, não esqueça de aplicar um protetor térmico antes.

Lavar com água fria

Particularmente detesto água fria. Então assim, vou ser menos hipócrita e falar pra vocês, só de lavar com água morna e não fervendo já ajuda muito. A temperatura da água altera os lipídios (aquela umectação natural do couro cabelo que falei ali em cima!) e acelera o processo de queda dos cabelos, OHMY. Vale a pena o sacrifício de diminuir um pouco a temperatura da água.

Suplementos e dieta saudável

Seu cabelo é o que você come. Sim. Estar atenta a um cardápio rico em proteínas, com peixes e legumes – sem enlouquecer, obviamente – contribui para o brilho natural dos fios. Sem a quantidade ideal de nutrientes no corpo, seu cabelo fica danificado e pode começar a cair. Caso não consiga manter uma dieta equilibrada, você pode buscar também suplementos, como o de Queratina que da vitalidade aos fios, Omega 3 que fortalece a raiz, diminuindo a queda e Cistina que acelera o crescimento.

Curly hair, don’t care. Sem desespero, é só seguir as dicas e partiu ter cabelos sedosos, macios e saudáveis!

Beijos,
Gabriela Alegre

 

Tutorial – Coque bagunçado (rápido e fácil)

Tutorial novo! Dessa vez um vídeo de penteado: Coque bagunçado. É um coque super rápido e fácil de fazer, a prova é que o vídeo tem menos de 5min, hahah . Ótimo para usar naquele bad hair day ou nos dias mais quentes! Assistam aqui:

Produtos usados para fazer o coque bagunçado

Dois elásticos para cabelo
Escova
Grampos – Forever 21
Fixador – Aussie Aussome Volume
Escova de dente

 

Curtiram?
Beijos,
Gabriela Alegre

Trend Alert: Dip Dye Hair

A tendência Dip Dye Hair, o que seria algo como “Cabelo tingido mergulhado”, já é aposta no exterior, principalmente nos Estados Unidos e na Europa, mas só agora está virando moda entre as brasileiras. 
Os fios são parcialmente tingidos, normalmente só do meio até as pontas, seguindo a tendência das mechas Californianas. A diferença está na paleta de cores utilizada na hora de tingir seu cabelo com a técnica Dip Dye.  Geralmente são escolhidos tons super chamativos como rosa pink, azul, verde e roxo ou tons pastéis. Se você quer estar na moda, mas sem arriscar muito, também pode apostar no dip dye loiro. 
O interessante é mostrar atitude através dos tons contrastantes, os que mais tem se visto são o rosa bebê, azul e verde menta.

Inspire-se em quem já fez

Roxo

Azul

Rosa 

Loiro

Verde

Colorido

 Em Comerciais

Quando eu passei pela Times Square, Julho passado, vi um outdoor incrivel na entrada da Forever 21. Nele aparecia a modelo Charlotte Free, super estilosa e com sua marca registrada: o cabelo dip dye! Amei, invejei, desejei… tudo!

Na passarela

Modelos com o cabelo dip dye já apareceram em diversos comerciais e passarelas. Inclusive até a Prada aderiu a tendência no seu desfile Outono/Inverno 2012/13

Celebridades

Entre outras celebs que já coloriram o cabelo estão Selena Gomez, Avril Lavigne, Kate Bosworth, Abbey Lee, Carrie Underwood, Ashley Benson,Chloe Moretz, Emily Browning, e etc. A lista é enorme, imagina se eu for citar todas elas aqui? haha

Passo a passo

O ideal seria fazer o processo em um salão de beleza de confiança, já que você vai utilizar química no seu cabelo e etc mas se ainda assim sua preferência for por fazer em casa, aqui vai o DIY de Dip Dye!

Passo 1: Descolorir as pontas do cabelo. O volume da água oxigenada vai determinar a tonalidade final do seu tingimento. Para que os fios fiquem mais claros use o ox 40 volumes, para uma cor mais fechada a água oxigenada 30 volumes já é o suficiente.
Passe o descolorante onde será tingido e envolva as mechas com papel alumínio.

Passo 2: Após a descoloração, lave os cabelos e seque bem os fios.

Passo 3: Da mesma forma que você fez para descolorir , passe a tinta nas pontas e envolva com papel alumínio. Use o mesmo procedimento das mechas californianas para ter o efeito degradê. Inicie pelas cores mais claras e vá escurecendo aos poucos. 

O video está em inglês, mas com as instruções ali em cima dá para seguir. Fica fácil de entender (: 

Lembrando que cabelos tingidos e/ou descoloridos sempre enfraquecem, ficando mais sensíveis aos danos da química. Fazer hidratação, no salão ou caseira mesmo, é essencial para que os fios não fiquem quebradiços e com aquele aspecto de palha. Afinal, não adianta tingir o cabelo para ficar diva e depois sair por ai desfilando com o cabelo acabado!
Curtiram as dicas? Você tem que ter muito estilo e atitude para aderir essa tendência, confia e vai! haha
Beijos, Gabriela Alegre