Expo Obsessão Infinita – Yayoi Kusama

IMG_137193

Faz umas semanas fui ver o que tanto se comentava pelas ruas: a expo “Obsesión Infinita”. Chegando lá me deparei com um mundo de bolinhas. Nas árvores, ponto de ônibus, lixeira, vidros, tudo estava a cara da artista Yayoi Kusama. Agora a expo da Kusama já está no Rio, mas foi inaugurada aqui em Buenos Aires, no museu MALBA. <3

Esperei uma hora embaixo de chuva para entrar, o lugar estava meeesmo concorrido. Tudo bem que era o último dia da expo, e a culpa foi minha por não ter ido antes. Sorry, mom haha. 
Na entrada ganhei uma folha de adesivos coloridos em formato de bolinhas, voltei a ser criança. Todo que estava mundo ali, aliás. Colei na minha roupa, mas alguns ficavam colocando na testa, nariz e bochechas. O bom é que sempre vai ter alguém mais louco que você, rs.

Um pouco sobre a artista: Ela foi uma grande revolucionária da sua época. As obras que hoje parecem fáceis e comuns, naquela então faziam uma quebra ao já estabelecido como esteticamente apreciável.  Suas obras tem o ar contemporâneo, com um quê de surrealismo, modernismo e um padrão de repetição. Essa obsessão já lhe rendeu vários prêmios e exposições pelo mundo. 
Em 1957, Kusama se mudou para Nova York e lá ficou conhecida por suas performances, festivais de body painting, demonstrações anti-guerra e desfiles de moda, sempre marchando pelos direitos civis e das mulheres. Atualmente ela esta com 84 anos, e escolheu viver em uma clinica psiquiátrica em Tóquio, desde 1977. 
 “Minha arte é uma expressão da minha vida, sobretudo da minha doença mental, originário das alucinações que eu posso ver. Traduzo as alucinações e imagens obsessivas que me atormenta em esculturas e pinturas. Todos os meus trabalhos em pastel são os produtos da neurose obsessiva e, portanto, intrinsecamente ligado à minha doença. Eu crio peças, mesmo quando eu não vejo alucinações”

Além das pinturas, colagens e fotografias da artista, a expo conta com instalações incríveis! O que eu mais gostei foi o que tinha luzes penduradas que ficam mudando de cor. Quero isso já no meu quarto!
Depois estavam os quartos com os adesivos de bolinha, um com luz negra e outro super colorido, o divertido era que o pessoal podia acrescentar mais adesivos, colaborando com a obra o/

Datas  no Brasil:

12.10.2013 a 26.01.2014: Centro Cultural Banco do Brasil, Rio de Janeiro
17.02.2014 a 27.04.2014: Centro Cultutal Banco do Brasil, Brasília
21.05.2014 a 27.07.2014: Instituto Tomie Ohtake, São Paulo


Já que estava no MALBA, aproveitei para ver a exposição fixa do museu. Arte latino americana do séc XX. 
Vi obras muito conhecidas, como da Tarsila do Amaral, Botero, o auto-retrato da Frida Kahlo.. mas a artista que me chamou a atenção foi a que descreve ações humanas através de bonequinhos em miniatura  e outros objetos. Parece bobo, você fica se perguntando como não pensou nisso antes, mas é sempre assim, por mais simples que pareça, o primeiro que criar, vence. rs



  

Essa é de um brasileiro!


 Museu MALBA, $40, mais uma dica para o city tour em Buenos Aires. Vale a pena ir 🙂

Beijos, Gabriela Alegre

Diário de Intercâmbio: UADE – Tour pela minha facul

Tirei uma tarde para fotografar a UADE, já ta mais do que na hora de eu mostrar minha faculdade pra vocês! hahah.
A nivel de estrutura e ensino, a minha universidade é parecida com a PUC do Rio de Janeiro, só que com um valor mais acessível, pelo menos para os brasileiros, rs. Em relação as outras instituições de Buenos Aires é uma das maiores, mais modernas e caras. Perdendo pra PUC de Buenos Aires que é absurdamente enorme.

Prontos para o tour? haha
São quatro prédios com oito andares. No prédio de artes, além das salas de aula, tem um estúdio de fotografia, uma sala Gessel e a sala dos macs que fica disponível para os alunos quando não tem aula. Também tem uma parte de exposições, com obras feitas pelos alunos daqui. Adorei a idéia de dar essa oportunidade aos criativos, rs.

Assim como nas universidades dos Estados Unidos, aqui também tem residência na facul. Eu pesquisei o preço e vi que os quartos estão caros em relação aos apartamentos da cidade, mas imagino que deve ser muito bom morar ali. Eu acordaria as 7:30 pra chegar as 8:00 tranquilamente!

Gordinha do jeito que sou, esse é um dos meus lugares favoritos da facul. heheheh. O pátio de alimentação tem um Subway e um mini restaurante. Os valores são bem mais em conta do que nos restaurantes de fora e a comida é boa. Todo dia tem um menu diferente e tal.

O O que é uma faculdade sem alunos? hein? hein? Esse é o Gilmar, intercambista brasileiro e aluno super aplicado. hahah.
Eu amo essas placas. Não me pergunte porque 🙂

Saindo dos prédios tem um pátio bem grandinho, com muitos lugares pra dormir ficar conversando,  um Starbucks (que esta sempre lotado), e um quiosque (que vende todos os doces que você não deveria comer). 


No prédio administrativo, além das oficinas, tem quatro andares de biblioteca. Um deles é a parte de estudo, outra com computadores e os outros dois com livros. É uma boa pra passar o tempo 🙂

Em outro prédio tem os ginásios, sala de ginástica e academia. Todos os alunos tem a opção de pagar pra malhar ou praticar esportes ali, os pacotes tem o mesmo preço que as academias de fora. Então é tranqs. Eu passo longe dali, hahah. Esportes não são pra mim 🙁
O quarto prédio é aonde eu passo minhas manhãs, yaaay. Todas as minhas aulas são ali. É o mais completo de todos e também tem um milhão de salas. No oitavo andar tem outro Starbucks e um terraço incrível com vista pra Av. 9 de Julho. <3


No quarto andar tem mais uma lanchonete. Geez, querem nos engordar.

Cartazes como esses estão espalhados por toda a faculdade. Orgulho UADE. Ex alunos que agora estão com empregos incríveis, como esse tal Lino que é top no Google Argentina. wow. Também queeeero ser “orgulho uade” hahah. Em breve (espero)!

As salas de aula são engraçadinhas. A primeira vez eu estranhei como todo mundo senta junto. Fica um colado no outro, tipo ??? mas agora já me acostumei! Em dia de prova, obviamente, sentamos separados.

As salas das turmas de design são as mais divertidas. Sempre!

A área de audiovisual da facul me impressionou. Eles tem um estúdio de gravação super completo. Até deixei apra outro post, de tão encantada que fiquei. Sou muito boba. hihihi.

É isso, agora vocês já sabem aonde passo três dias da minha semana: Universidad Argentina de la Empresa. Vou preparar um post contando a rotina das aulas e como o ensino argentino ta me tratando, haha. 

Minha aula de Marketing vai começar agora, ahhh. Tenho que correr lá. 
Beijos, Gabriela Alegre