Roteiro de Viagem Salvador – Bahia – Parte 1

IMG_4364
A rotina ás vezes sufoca. Me vi precisando de um tempo off da cidade grande para recuperar as energias e voltar a ver os acontecimentos com positividade. Aproveitei quatro dias de Julho para tirar férias do trabalho e ir para Salvador. A escolha do lugar não foi por acaso, meu namorado é baiano, então, pela segunda vez, o acompanhei nessa viagem à sua cidade natal.
Foram poucos dias, mas todos bem planejados. Consegui aproveitar tudo que eu tinha em mente e ainda acrescentei mais coisinhas na lista de lugares para visitar. Essa é a primeira parte do post que eu conto sobre minha viagem e dou dicas dos lugares imperdíveis na cidade. Ficou curioso? Continua lendo!
Continue Reading

8 dicas para quem quer viajar gastando pouco

 viajar gastando pouco
Sempre há tempo para viajar, o que nos falta muitas vezes é o dinheiro. Este post é pra te dizer que é possível sim viajar gastando pouco. Talvez não com altas expectativas e desejos de luxo, mas com risadas e muitas histórias pra contar, com certeza.  Siga essas dicas, prepare seu roteiro e voilà!

Pesquise e compre antecipado

Este é o mais batido de todos, mas com certeza, imprescindível na lista. Se você reserva uma passagem de hotel ou avião no último momento, ela será mais concorrida, consequentemente custará mais caro. Skyscanner é uma opção popular de buscas, fique de olho lá e confira diretamente no site da linha aérea (ás vezes vale mais a pena comprar ali). Programe-se, seu bolso agradece.

Evite destinos caros

O custo de vida varia entre os países. Pesquise sobre a moeda de cada região e os valores básicos que todo viajante precisa saber: alimentação, estádia e transporte.

Trabalho em troca de estadia

Nossa, trabalhar nas férias? Já parece um pesadelo. Mas você já pensou em trabalhar em um hostel? Conhecer pessoas de várias partes do mundo, participar de festas, ouvir muitas histórias cumprindo jornadas de 4 a 5 horas de trabalho diárias em troca de estádia e uma refeição (varia entre os hostels). É possível fazer isso através do Worldpackers.

 

Vá de carona

Não estou dizendo para sair por aí como louco pedindo carona na estrada, mas você já conhece o aplicativo blá, blá, blá, car? Famoso na Europa, entrou no mercado brasileiro tem pouco tempo, mas já vem conquistando muitos internautas!
Você entra no site ou no aplicativo, seleciona a data de ida e volta, e vê as ofertas dos motoristas que vão para o mesmo destino que você. Nunca será 100% seguro, mas através do site é possível ver a foto da pessoa, o celular, comentários dos passageiros e recomendações. Seja esperto e jogue o nome dele no Google/Facebook, vai que você acha algo suspeito. Eu usei e não tive problema nenhum, pelo contrário, me diverti durante a viagem e não parei de bater papo com o motorista.

Aproveite os eventos gratuitos na cidade

Importantes museus e pontos turísticos de cidades grandes sempre possuem dias gratuitos ou com descontos. Faça uma lista dos locais que você gostaria de visitar e pesquise na internet. Se der sorte, pode até encontrar uma visita guiada totalmente free!

Hospedagem gratuita ou barata

Acesse o Couchsurfing e entre em contato com pessoas locais que estejam disponibilizando um sofázinho na sua casa para turistas. É possível verificar comentários de pessoas que já passaram por lá, notas e fotos! E para hospedagens mais baratas, se joga no TripAdvisor para comparar preços de hostels ou no Airbnb para encontrar quartos por preços menores.

Economize em comida

A alimentação está entre os maiores gastos de um viajante mal planejado. Para economizar nas refeições, busque restaurantes locais, longe dos pontos turísticos, vão estar mais vazios e você ainda vai conhecer de verdade a comida tradicional. Passe em mercados e evite comprar besteiras na rua ou atacar o frigobar.

Escolha destinos menos badalados

Se você vê que várias pessoas estão viajando para o mesmo lugar, ele vai estar custando caro, pode apostar. Quanto mais popular, maior o preço. Isso não significa que seja a melhor opção de viagem pra você. Que tal expandir suas opções e ir atrás de lugares menos queridinhos mas igualmente divertidos e bonitos?

Eu já estou planejando a próxima viagem! E vocês?

Beijos,
Gabriela Alegre

Férias – Viagem para maceió

viagem maceio 5

Como a sagitariana com lua em escorpião que sou, me mostro de um jeito preservado. Falo, falo, falo, tiro fotos, apareço o dia inteiro na internet, mas a intimidade mesmo eu guardo para os mais próximos. Nessa nova fase do It’s Gaby isso está mudando. Depois de tantas indas e vindas, o blog está começando a ter a cara que eu queria desde o início.

No post de hoje vou contar sobre como foi minha viagem a Maceió, minha terra natal.
Estou um pouco – muito – atrasada, já que a viagem foi em Dezembro, mas vamos lá. Para quem não sabe, nasci em Maceió mas me mudei para SC com apenas dois anos de idade. Desde 1996, não havia voltado pra lá, então, só conhecia minha cidade por fotos.

Consegui um tempinho de férias e junto com meu namorado, Felipe, passei 4 dias na cidade nordestina. Maceió foi uma grande surpresa. A água cristalina é real. Uma cidade com pessoas super abertas, que falam alto e de um jeito divertido. A orla parece de filme, nunca vi tão bonita. Eu que nem sou tão chegada em praia, fiquei vermelha por não querer sair de lá.

Tive a sorte de ficar na casa da minha amiga, também Gabriela, na Ponta Verde, uma localização ótima (brigada, Gabi!!). Ela nos levou para as principais praias: Francês e Gunga. E como eu coloquei na cabeça que queria ir até Marechal Deodoro, fomos. Resultado: Uma cidadezinha com um centro minúsculo, onde nos fomos a atração, de tão parado que o lugar é, hahah. No Gunga andamos de banana boat, socorroo, que negócio rápido, quase perdi a vida e o biquíni andando naquilo!
No dia seguinte, com o Felipe, peguei uma jangada que nos levou até as piscinas naturais de Pajuçara, aonde mergulhamos com peixinhos – afffff, sonho realizado total!
Fomos aos points da cidade, o bar Maikai e o quiosque de praia Kanoa. Também conheci um bar de rock – que agora não vou lembrar o nome, onde tive uma noite de muitas risadas e margaritas (ops!). Fui bem atendida em todos os lugares. Muqueca, camarão, caldinho de feijão e macaxeira ficaram entre os pratos mais pedidos. A comida tem um toque caseiro, sempre, independente do nível do restaurante. Não posso esquecer do Sanduba do Careca, um dos melhores sanduíches que já comi. Peguem o molho da casa e a opção com bacon, a gordice vale a pena.

Me senti um tanto segura caminhando por lá a noite, lá pelas 21 horas. Ah, fiquei impressionada com a fachada das lojas, todas caprichosas e muitas vezes temáticas. Os artesãos são muito educados e expõe trabalhos incríveis na orla. Que cidade mais fofa!

Eu tenho algo com fotos de viagens. Quando estou no lugar, não largo a camera de jeito nenhum. Gosto de fotografar cada detalhe da cidade, desde as varandas (tenho um amor louco por varandas), comidinhas gostosas, passeios inusitados à pessoas nativas do local. Mas guardo elas pra mim. Acabo esquecendo de postá-las na internet e o tempo vai passando, passando tanto que depois – na minha opinião – fica tarde. Seguem algumas fotinhas da viagem:
viagem maceio 10
viagem maceio
viagem maceio 9
Continue Reading

SDDS Intercâmbio

É incrível que mesmo com o fim do “Querido Intercâmbio” o blog continua recebendo comentários, várias perguntas e até propostas de parcerias com empresas, haha.
Como vocês ainda tem várias dúvidas sobre minha viagem e como fazer para viajar, realizar o tão sonhado intercâmbio, abri um ask.fm só para o “Q.I”.
Estavam lotando meu ask.fm pessoal (/gabrielaalegre) com perguntas sobre meu intercâmbio O:
Agora vai ser mais fácil responder por lá: http://ask.fm/queridointercambio

Beijos, Gabriela Alegre

Cursos em NYC

Finalmente o post sobre meu curso de teatro. Fiz um video contando como foi. Se tiverem mais dúvidas é só comentar (:

A qualidade não ficou a das melhores, até porque não sei qual é o melhor formato para por no youtube. Help? ):

Vídeo da apresentação de esgrima no último dia de aula!

ps: O preço do curso de dança vai de R$35 a R$50 por aula.

Fotos do último dia de aula

Minha bff Canadiense <3 love her.

Ultimos dias em NYC, nem acredito. ahhhh ):
To tentando aproveitar o máximo e ficar muito tempo na internet não colabora. haha. Preparando post s sobre nyc, postarei quando estiver no Brasil. Diário de viagem atrasado, assim..
Beijos,
@gabrielaalegre

Exposição da Barbie – The pink issue

Hoje passei pelo FIT, Fashion Institute of Technology, um instituto mega conhecido e carinho de moda. Além de oferecer cursos maravilhosos, a FIT também faz exposições. Dessa vez a homenageada é a Barbie. Confesso que apesar da história da Barbie ser anoréxica, ter medidas bizarras e ser um péssima influencia, ameeeeeei o que vi.
A expo mostrou diversos cômodos da casa da Barbie. Todos super modernos e luxuosos. Nada perto da minha casinha da Barbie na infância, mas ok ):
O Ken não estava lá; TODOS CHORA. Agora é um loirinho, que eu nem sei o nome. Desde meus 9 anos passei a ser uma “poser” no assunto Barbie. HEHE
Quatro manequins vestiam looks inovadores e futurísticos. Várias quadros com fotos da Barbie fazendo de modelo, diamantes (de plástico) e posters faziam parte da decoração.

 Alguem sabe o nome dele?

 Barbie “going green”. É uma versão ambientalista da Barbie. Apesar de não parecer…

 Cachorro dos sonhos?

 As sacolas tinham jóias no lado de fora <3 

 Barbie ryqueza

 Eu sou a do meio, só que não.

 Exagero ou tendência? Hm, acho que exagero.

 Barbie prom queen.

A expo é bem pequena, tirei foto de tudo que vi. Acho que deu para perceber, né?
Eike nostalgia, haha.
Beijos
UPDATE
Me falaram que o loirinho ainda é o Ken, só que renovado. haha. Vivendo e aprendendo.